[Resenha] Tríptico,Will Trent #1 - Karin Slaughter

00:30

Nome: Tríptico
Autor (a): Karin Slaughter
Nº de páginas: 389
Série: Will Trent #1


UM ASSASSINO aterroriza Atlanta. Atacando adolescentes, seja nos subúrbios chiques ou nos conjuntos habitacionais, ele age de maneira cada vez mais fria cruel. Na investigação do caso estão o veterano detetive Michael Ormewood - cujo casamento está por um fio e cuja arrogância ameça sua carreira - e Angie Polaski, uma linda policial trabalhando disfarçada, que foi amante de Michael antes de se tornar sua maior inimiga. Além deles, há também o agente Will Trent, amigo de Angie de longa data, chamado para acompanhar a investigação. No entanto, para surpresa de todos, a chave para resolver o caso pode estar nas mãos de um ex-condenado, cujo caminho cruza com o rastro do assassino. Nesse thriller intrincado e arrebatador, nada é o que parece, e o culpado pode estar muito mais perto do que se imagina.





Eu comecei a ler esse livro por pura curiosidade. Gosto de livros policiais e encontrei Tríptico por acaso. Eu não tinha lido nenhuma resenha dele, e sequer sabia que ele era um queridinho para quem é fã do gênero. E eu entendo, o livro é incrível. A forma como a autora narra dá ao leitor uma visão geral de tudo que acontece no livro. Nós, leitores, temos a narração dos policiais responsáveis pela investigação e do homem que foi preso pelos homicídios alguns anos atrás.

Para os fãs do gênero, a autora mexe com o imaginário do leitor com as tramas secundárias, que nos fazem criar teorias sobre o motivo de cada uma estar sendo narrada e onde elas vão nos levar. Um assassino está atacando adolescentes e arrancando suas línguas, tudo que a polícia tem é um quebra-cabeça gigante que precisa ser resolvido o mais rápido possível para impedir a morte de outras jovens.

Quanto aos personagens, temos Michael Ormewood, um detetive veterano que tem vários problemas em casa, com seu casamento que está por um fio e seu filho, que possui uma doença mental. Ormewod tem um temperamento explosivo e é muito arrogante, o que é uma ameaça a sua carreira. Eu, particularmente, detestei esse personagem desde o começo. Sabe quando você simplesmente não consegue nem tentar gostar de um personagem? Comigo e Ormewood foi assim.

Também somos apresentados a Angie Polaski, uma policial que trabalha disfarçada como prostituta nas ruas. Ela se infiltra nesse submundo sombrio para investigar os ataques que as mulheres que trabalham nessa área sofrem. Angie também possui um passado, digamos, desagradável com Michael Ormewood.

E, por último, temos Will Trent, um investigador da Georgia que foi enviado para ajudar Ormewood na investigação. Will também possui uma ligação com Angie e ambos também compartilham um passado. Will Trent é ótimo no que faz, mas possui um segredo. Ele tem dislexia e tem medo que o julguem por isso. Então, ele usa alguns truques para parecer "normal" perto dos colegas de trabalho. O demônios de seu passado também o assombram constantemente, o que nos faz pensar se ele realmente vai ajudar a investigação ou não.

Agora que falei um pouco sobre os três personagens acima, você entende o nome do livro? Não? Então, deixa que eu explico: Tríptico significa obra de pintura, desenho ou escultura, composta de três painéis: um central e fixo, e os outros dois laterais e móveis, ligados ao primeiro por dobradiças ou gonzos (As partes laterais podem dobrar-se sobre a parte central). Os três personagens se ligam como esse tipo de pintura.

Maaas, não temos apenas a narração dos três personagens acima. Também somos apresentados a John Shelley. Um ex-presidiário que acabou de sair em condicional após cumprir quinze anos de pena. Agora, ele quer recomeçar sua vida, com um emprego honesto e vivendo um dia de cada vez. Porém, ele é um personagem importante em toda essa trama complexa e assuntos não resolvidos de seu passado voltam para assombrá-lo. Agora, John não faz a menor ideia de onde está se metendo e precisa, mais que nunca, salvar sua vida. O que não será muito fácil, já que a polícia não acredita em sua história, ele não tem o apoio de sua família e seu passado não o ajuda muito...

Eu não conhecia nenhum livro da autora, e como disse a vocês, esbarrei nesse livro meio que por acaso. Mas super recomendo essa leitura para vocês. A trama é envolvente e cheia de surpresas e o final... Acho quase impossível você descobrir antes do tempo certo.

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe